Patrono 2017 - Paulo Flávio Ledur

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Estande do Sebo na 26º Feira foi uma experiência bem sucedida

Dia 1 de maio encerrou-se mais uma Feira do Livro de Caçapava e, de acordo com uma das responsáveis pela organização Lislair Leão,  além do tempo frio e da crise enfrentada pelos brasileiros, a Feira do Livro foi um sucesso em vendas, público, palestras e apresentação de artistas e comunidade escolar.
Neste ano um estande especial foi apresentado ao público. Um Sebo, que disponibilizou livros usados a preço simbólico.

O Projeto Caminho do Sul da América gerenciou este estande com a parceria da Comissão Organizadora da Feira. Uma mobilização da comunidade caçapavana para a comunidade caçapavana elegendo a leitura como foco foi uma experiência muito bem sucedida.

Livros e revistas em grande quantidade e com qualidade foram angariados em duas semanas e comercializados, a favor da Feira. Das 766 unidades recebidas, 469 foram vendidas com custo médio de R$3,50. Os livros restantes foram submetidos a uma triagem e divididos em seis partes. Os livros didáticos foram doados a Coeducar, livros religiosos, romances e revistas foram doados ao Presídio Estadual de Caçapava do Sul, livro de cunho literário e infantis partes foram doadas para o Hospital de Caridade e Casa de Acolhimento Bem me Quer e parte restante para as Oficinas Lúdicas da Casa do Poeta de Caçapava e para a Associação de Catadores Guerreiros da Ecologia.

A organização agradece a contribuição e apoio da comunidade que garantiu o sucesso do empreendimento e informa que as oficinas não param com o fechamento da Feira pois quatro oficinas acontecem na Casa do Poeta de Caçapava: Leitura e Papéis para jovens, Leitura para adultos, Desenho e Aquarela e a Oficina de Desenho para quadrinhos. As oficinas iniciam, às 15h, semanalmente, na Casa do Poeta. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário